FALTAM 3 MESES, E AGORA?

Faltam quase 3 meses para o vestibular. E aí, está com a matéria em dia? NÃO? Então bem-vindo(A) ao clube! Mas calma, ainda não é tarde demais. Dê uma olhada nas dicas que eu vou te dar para antes, e até para a hora do vestibular. Confere aí!

1- Se você ainda não começou um cursinho, COMECE! Mesmo se ainda estiver na escola. É sempre bom alongar nossos períodos de estudo. Se não tiver condições, comece a assistir video-aulas. No próprio youtube você tem um vasto leque de opções dessas aulas.
Relembre as matérias até no facebook, que também têm várias páginas educativas, de história, geografia, português, etc.
2- Quantas horas você deve estudar? Bom, na minha opinião e de alguns professores, o correto seria estudar 6 horas. Mas não conte com o horário escolar, conte com o período que você leva para revisar e entender a matéria.
3- Não esqueça de sua vida social, por favor! Uma vida equilibrada, estudos avançados, e exercicios físicos é essencial para o trabalho do corpo e da mente, afinal, os mesmos precisam estar em equilibrio. 
4- Se afaste de gente negativa que está sempre comentando a dificuldade da prova, dizendo que não vai passar ou que vai se matar. Dá um chega pra lá nessa gente chata!
5- Saiba o que você realmente quer fazer. Se está confuso, procure profissionais destas áreas. No Youtube mesmo tem vários vídeos de profissionais de todas as áreas comentando sobre. Vale a pena ver.
6- Veja provas anteriores da universidade que você quer prestar. Você vai poder ter uma ideia do que cai em todas as matérias.
  7- Tenha uma boa alimentação. E é verdade ein, da  muita diferença! Sem comer porcarias. Prefira o salgado. Mas nada de gula! Nos intervalos das refeições, prefira frutas e muita água. Ja ouviu aquela história de que os cientistas comprovaram que água ajuda o metabolismo na hora da prova? Pois é...Levem muitas garrafinhas
8- Hora de sair do pc né? Não custa nada você levantar, pegar seus cadernos e livros, e ir revisar aquela matéria que você não entendeu. Se não consegue aprender sozinho, chame seu amigo para estudar, ou monte grupos de estudo. Mas nunca mais de 5 pessoas, se não o estudo se torna bagunça. 
9- Depois de pegar as matérias, faça um resumo do seu resumo. E se ainda der, faça um resumo, do resumo do resumo. Leve esses resumos com vc pra onde estiver. Leia antes de dormir, leia no banheiro, nas horas vagas, no almoço, janta...
10- RELAXE E BOA SORTE!
(PS- Se for levar um chocolate para a sala de prova, prefira o amargo ou o meio amargo, ajuda na sua memória.Vai por mim! ;))

Gabrielle Almeida

Os melhores livros do semestre


Agosto está chegando e assim 2013 chega na metade. Falta pouco menos de seis meses pro ano acabar e mais uma etapa da minha vida acabar. Como foi o ano pra vocês até agora? Pra mim foi decepcionante, esperava um pouco mais de emoção... Uma das poucas coisas que não me decepcionaram e nunca vão me decepcionar são as minhas leituras. Os livros que eu li  nesse primeiro semestre me fizeram passar por uma montanha russa emocional literária.

Anjos e Demônios

Esse é de longe o livro mais louco que eu já li. Foi o meu primeiro livro do Dan Brown  e com certeza faz jus a fama que tem. Quando Robert Langdon, professor de simbologia em Harvard é chamado para ver um símbolo marcado a fogo num cientista, ele descobre que uma arma muito poderosa foi roubada e colocada bem no centro do Vaticano, onde explodirá em menos de 24 horas. Quer saber mais? Leia a resenha completa de Anjos e Demônios.

O lado bom da vida

Pat Peoples acaba de sair de uma instituição psiquiátrica sem saber quanto tempo ficou lá ou porque estava lá, pra começar. Viciado em fazer exercícios físicos, Pat acredita no lado bom da vida e em finais felizes e tem que lidar com a realidade nada boa da vida. Determinado a reconquistar sua ex-mulher Nikki, ele precisa recuperar a memória e conseguir dar um fim ao ''tempo separados''. Uma adaptação do livro foi lançada ano passado com Bradley Cooper e Jennifer Lawrence no elenco. É um ótimo livro sobre amor, determinação e as coisas boas e ruins da vida. 

Divergente

Com certeza esse foi o meu achado do ano. Sempre via o livros nas livrarias e pensava ''Ah, ótimo, mas um livro chato e modinha pra todos se encantarem.'' Mordi a língua. O livro é incrível. A história se passa numa Chicago futurista onde a sociedade é dividida em cinco facções: Amizade, Audácia, Abnegação, Franqueza e Erudição. A protagonista - Beatrice Prior - nasceu na Abnegação e quando faz o teste de aptidão descobre ser uma Divergente, mas não faz ideia do que isso significa. Quer saber mais? Leia a resenha de Divergente.

Carrie, a estranha

Carrie é uma adolescente problemática que sofre muito por causa da mãe que a atormenta e não a deixa ter uma vida normal como os outros adolescentes, fato que faz a garota sofrer constantes humilhações na escola. O que ninguém sabia era que Carrie possuía telecinesia, ou seja, ela podia controlar objetos com o poder da mente. Quer saber mais? Leia a resenha de Carrie, a estranha.

Os 13 porquês

Tudo ia bem na vida de Clay Jensen até que um dia ele recebe um misterioso pacote que continha 13 fitas cassetes. Ao ouvir as gravações ele descobre que quem as fez foi Hannah, uma menina da sua escola que tinha cometido suicídio duas semanas antes, Nas fitas ela explicava os motivos dela ter se matado, o que significa que ele tinha sido um deles. O livro é muito bom. Aos poucos você acaba se apegando a Hannah e fica arrasada com o final mesmo já sabendo o que aconteceria. 



Gostaram da lista? Quais foram os melhores livros pra você? 

Kamila Cavalcante

DIY: Tiara de flores



Sempre via fotos no tumblr e no instagram de meninas usando uma tiara de flores na cabeça e pensava ''Que linda, que meiga, que diva, quero uma!'' Fui procurar na internet e é um acessório lindo, romântico e super fácil de fazer. Pensei em fazer um vídeo-tutorial explicando mas fiquei com vergonha haha. Em vez de obrigar vocês a ouvirem a minha voz irritante, botei o passo-a-passo nas fotos. Se ficar difícil de entender, expliquei direitinho como se faz lá embaixo.


Vai precisar:

  • Flores sintéticas com arame
  • Tiara fina
  • Cola quente
  • Tesoura
Geralmente, as flores vêm em pequenos buquês (foto 1) então com a tesoura, separe todas as flores sem cortar o arame (foto 2). 
Bote um pinguinho de cola quente na tiara e fixe uma das flores cuidadosamente (foto 3). Cuidado para não exagerar na cola. Em seguida enrole o arame da flor na tiara. Repita o mesmo procedimento até cobrir toda a tiara (foto 5). E pronto, você tem uma tiara de flores linda. 

Obs: Não é realmente necessário usar a cola, é só uma precaução para que as flores não fiquem muito soltinhas.

Resultado final:



Qualquer dúvida perguntem nos comentários. Não esqueçam de seguir o blog nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram, beijos.

Kamila Cavalcante

Papo de pijama: Bulimia


Todo mundo têm um segredo. Um segredo sujo, que te faz se olhar no espelho e sentir nojo de você mesma. Eu tenho um segredo assim. Meu nome é Ana e eu tenho bulimia. Comecei a fazer dieta quando tinha treze anos, mas depois de um tempo eu parava e engordava o dobro do peso que eu perdi na metade do tempo. Eu me olhava no espelho e pensava ‘’Eu não posso continuar assim!’’. Foi assim que começou.
A cada dia que passava eu comia menos que o dia anterior, evitava comer a todo custo e chegou uma hora que eu fazia apenas uma refeição por dia. Continuei assim por um tempo, até que eu parecia estar maior que antes. Fiquei desesperada, como eu poderia estar engordando comendo tão pouco?

A verdade era que eu não estava maior, apenas cega e obcecada por um corpo perfeito. A partir daí minha vida começou a mudar. Passava dias e mais dias sem comer nada e quando não aguentava mais, comia tudo o que via pela frente. Esse foi o meu plano por algum tempo, ficar o maior tempo possível sem comer e então comer qualquer coisa que eu quisesse. Mas não deu resultado. Eu me olhava no espelho e continuava enorme. Foi quando tive outra ideia: ficaria sem comer por dias e quando não aguentasse mais comeria, mas então botaria tudo pra fora novamente. E deu certo.

Por vários meses essa foi a minha solução. Dia após dia os números na balança iam diminuindo, mas a minha obsessão em ficar cada vez mais magra crescia. De repente o mais importante não era ser magra e sim, ser a mais magra. E os números iam diminuindo.

Acabei indo parar no hospital. Estava pesando 30 quilos e não conseguia mais andar direito. Só conseguia comer com um tubo de alimentação em mim. Eu estava morrendo, não conseguia comer, respirar se tornara difícil, meus órgãos não estavam mais funcionando direito e viver era impossível. Eu tinha que tomar uma decisão: ficar tão magra quanto a morte permitisse ou voltar a viver. 


A história da Ana é a mesma que a de muitas pessoas que lutam contra os distúrbios alimentares. Já fiz a resenha de um livro que fala sobre esses problemas (aqui). Esses distúrbios estão cada vez mais presentes nas vidas de milhares de pessoas que tentam se igualar aos padrões de perfeição que a sociedade nos impõe. Acompanhe as opiniões de diferentes garotas acerca do tema ''Bulimia: doença ou escolha?''


Yanka Evellyn - 15 anos


Acho que no começo é uma escolha. As pessoas escolhem se querem ou não passar por isso, ficam desesperadas por um jeito de conseguir aquilo que querem. Aí com o tempo acaba se transformando em uma doença porque não conseguem mais parar e aquilo que pensavam ser a solução pro problema, também se torna o problema.






Hannah Caroline - 18 anos

Acredito que seja uma questão de escolha porque existem outros métodos saudáveis para ter uma alimentação melhor e emagrecer. Mas seria como um julgamento dizer isso, porque existe um fator psicológico, não se sabe o que uma pessoa bulímica pensa de fato, como ela tá se vendo ou sentindo, deveria ter uma abordagem maior.






Gabriella Marques - 15 anos
Ambos. Na minha opinião tudo começa com uma escolha. Nas primeiras vezes em que você utiliza dos métodos para evitar o ganho de peso você escolhe, mas depois isso simplesmente desencadeia algo que é impossível de controlar e a doença começa. Você constrói a bulimia e ela desaba em cima de você."





Jayana Rebeca - 17 anos

bulimia é uma mistura de desespero, arrependimento e falta de auto-controle. A pessoa afetada não consegue controlar o seu apetite por vários motivos e acaba em um ato de arrependimento, por eliminar de qualquer forma o que comeu. Diferente da anorexia, a bulimia não tem sempre o objetivo do emagrecimento em todos os casos, por isso é preciso ter muito cuidado, já que a doença é mais fácil de ''esconder''. 





Camila Reis - 16 anos 
Bulimia sempre será um problema para a pessoa que sofre ou sofreu do transtorno e para as pessoas ao redor dela, mesmo se a pessoa se considerar ''saudável'' e ''recuperada'', ela sempre terá lembranças dos seus atos e das consequências, mesmo que tenha sido por pouco tempo ou por um período de tempo maior, ela sempre saberá o que fez com o seu corpo e, em parte, da sua sanidade. Bulimia não é brincadeira e o retorno das nossas ações pode não nos satisfazer.




Amanda Lohanny - 15 anos
Eu comecei a ter bulimia para esquecer os meus problemas e até mesmo emagrecer. Achei que poderia chamar a atenção dos outros com essa doença. Primeiro eu fui na internet e procurei como ficar com essa doença, só que eu não sabia que poderia me machucar tanto. Na primeira vez que eu vomitei por vontade própria foi tudo normal, mas depois eu ficava muito fraca, tonta, e com muita fome. Aí eu pensava "Se eu comer, vou precisar vomitar e vou ficar pior". Daí eu comecei a fazer esse processo todos os dias, em casa, na escola, em todos os lugares que eu ia. Tudo isso acontecendo comigo e a minha família sem saber de nada, porque eu aparentava estar bem. Eu comecei a me"viciar" em provocar depois das refeiçõs, se eu não vomitasse, ficava com falta de ar, mas creio que era coisa da minha cabeça. Depois de um mês e meio eu quase desmaiava na escola, as pessoas acharam estranho , pois eu não estava mais aguentando aquilo, eu queria parar só que não conseguia, tudo me dava enjoo, nem água eu conseguia beber, mas eu estava com fome então eu comia e colocava tudo pra fora, pois eu queria mesmo emagrecer. Em uma noite eu fui comer pizza e em seguida vomitei, dai fui tentar dormir só que eu conseguia, precisava provocar mais, sendo que meu estomago estava vazio, eu colocava o dedo na garganta e não saia nada, apenas pequenas quantidades de água. Aquela noite foi horrível, eu estava muito mal, tonta e suava frio, achei que ia morrer... Daí eu contei pra minha tia e ela achou um absurdo isso que eu estava fazendo, implorei pra ela não contar pra minha mãe, só que no outro dia minha mãe soube de tudo, pois eu precisava de ajuda. Passou-se três dias e eu ainda vomitava, mas não era por vontade própria. Então eu decidi parar, passava um pouco mal e emagreci 3 quilos sendo que o meu peso estava ótimo pra minha altura foi difícil. Eu me arrependo de tudo o que eu fiz durante esses dois meses. Porque eu queria fazer as coisas com a minha própria força. E isso nem chegou a ser Bulimia, tive um principio apenas. BULIMIA É UMA ESCOLHA QUE PODE NOS LEVAR A MORTE!

Gabrielly Bessa - 17 anos


A pessoa com bulimia não sabe muito bem o que está fazendo e nem porque. Acha que não ter barriga é sinônimo de beleza e que só uma pessoa magra é bonita. Então começa a fazer um regime, no começo não faz mal, pelo contrário. Mas a partir de um certo tempo a pessoa vai ficando cega e acha que ainda está gorda, então começa a vomitar e isso acaba se tornando um vício. Acaba virando então uma doença psicológica.




Quer fazer parte do próximo ''Papo de Pijama''? Envie um e-mail para contatowtj@gmail.com, com seu nome, idade e uma foto sua respondendo a seguinte pergunta: ''Qual é o momento certo pra se ter a primeira vez?''

Kamila Cavalcante

obs: história da introdução criada por mim. 


Desapegando

Afinal, se coisas boas se vão é para que coisas melhores possam vir. Esqueça o passado, desapego é o segredo!
Fernando Pessoa


 E é com esta frase de Fernando Pessoa que começo meu post de hoje. Já deu pra perceber sobre o que vou falar, não é? Algo que nunca sai de moda, que nunca muda, e que sempre é necessário em quase todas as fases de nossas vidas. Mas erra quem pensa que a única palavra que combina com desapego pode ser "amor". Você pode desapegar-se de atitudes, de vícios, de roupas, e até de músicas. Mas como o primeiro assunto é sempre o que nos vem mais á cabeça, vamos lá discutir um pouco sobre esse tal desapego sentimental.Minha mãe, eu, minhas amigas, meus amigos, e até você com certeza já precisou de uma dose desse 'tal' desapego. É aquele momento em que tudo o que você vê te lembra a pessoa, que você ainda se preocupa e até ainda liga pra pessoa (Geralmente nos últimos 3 meses, dependendo da relação vivida e de suas atitudes). É certo, todos nós, mas principalmente nós mulheres, somos bastantes dependentes desse tal coleguinha.Mas..como conseguir? Eu diria que se ocupando é a melhor forma. Todas as pessoas que conheço, incluindo a mim, passaram por isso, e só conseguiram colocar o ponto final na história, por mais dificil que fosse, se ocupando. Como? Estudando, viajando, saindo com amigos, conhecendo lugares novos e pessoas novas. "ah, mas eu não quero fazer nada disso.." Preguiça de sair de casa? Exatamente por isso criei esse post. Um Playlist MEGA desapegado pra você colocar na sua cabeça que você escolhe o que quer, e que você sempre pode ter mais. Mais amores, mais inteligência, mais dinheiro, mais atitude e principalmente, MAIS AMOR PRÓPRIO. Bora lá conferir?                                               1- Pink                                        SO WHAT
Não quero você hoje à noite/ Você não foi justo /Vou mostrar a você hoje à noite/ Eu estou bem, eu estou ótima/ E você é idiota/ E daí?/ Sou uma estrela do rock/ Tenho meu estilo roqueiro/ E eu não quero você hoje à noite

                                            2- Beyoncé                                  BEST THING I NEVER HAD
Houve um tempo que/ Pensei que você fazia tudo certo/ Sem mentiras, sem erros/ Garoto, eu deveria estar louca
Então, quando penso que houve uma época em que quase te amei/ Você se mostrou um idiota e vi quem você era de verdade/ Graças a Deus que você estragou tudo/ Graças a Deus me esquivei da bala/ Já superei você/ Então querido, é melhor cair fora



                                 3- Fifth Harmony                                  MISS MOVIN' ONQuebrei o vidro que me cercava/ não sou do jeito que você se lembra / Eu era uma garota tão boa/ Tão frágil, mas não mais/ Pulei a cerca para o outro lado/ Meu mundo inteiro estava eletrificado/ Agora não estou mais com medo/ É o 'Dia da Independência'.

                                4- Kylie Minogue                            GET OUTTA MY WAYTe deixar, ir até um perfeito desconhecido/ Você fala, eu caminho, quero sentir o perigo/ Me veja com ele, isso te excita/ Só tenho a dizer/ Você não me terá de volta ao fim dessa canção!/ Saia do meu caminho

                                          5- Lilly Allen                                             SMILE

Primeiro, quando te vejo chorar/Me dá vontade de sorrir, sim, me dá vontade de sorrir./ No pior dos casos, me sinto mal por um momento/ Mas de novo logo sorrio, e sigo adiante e sorrio./ Cada vez que você me vê, me diz que quer voltar/E eu te digo que isso não significa nada/ Não posso parar de rir. eu não posso parar/ Você mexeu com a minha sanidade, eu estava bem mal!



Eaí, desapegou?




Gabrielle Almeida
Créditos: Pensador, Weheartit

Saga Percy Jackson e os Olimpianos




Todos temos livros favoritos. Livros que podem não ser os melhores do mundo mas são os melhores pra você. Livros que podem te deixar feliz ou nostálgico por lembrar de algum momento específico. A saga Percy Jackson e os olimpianos é pra mim uma série que me lembra várias coisas, vários momentos, várias pessoas que eu conheci por causa dela e as oportunidades que eu tive graças a ela.

Já citei essa série em muitos posts ao longo do blog, mas nunca parei pra falar realmente da saga inteira, então no post de hoje vou dar um resuminho de cada livro.

A série Percy Jackson e os Olimpianos é composta de cinco livros: O ladrão de raios, O mar de monstros, A maldição do Titã, A batalha do labirinto (meu favorito) e O último olimpiano. Além de mais dois livros complementares: Os arquivos do semideus e Demigods and monsters (não lançado no Brasil). Com o sucesso da série, o autor Rick Riordan resolveu escrever uma segunda série - Os heróis do Olimpo - mas não vou falar sobre ela.

Percy Jackson e o Ladrão de Raios

Percy Jackson é um garoto de 12 anos que sofre de dislexia, hiperatividade e déficit de atenção. Depois que uma Fúria o ataca, ele descobre que seu melhor amigo é, na verdade, um sátiro e que ele é um semideus. O que isso significa? Que um de seus pais biológicos é um deus grego, nesse caso, seu pai. Com isso, Percy tem que ir para o acampamento meio-sangue - lugar onde todos os semideuses são treinados pra sobreviver no mundo cheio de monstros que querem matá-los - e descobre que está sendo acusado de roubar a arma mais poderosa do Olimpo: o raio mestre de Zeus. Para evitar que uma guerra comece, Percy tem que recuperar a arma perdida em 10 dias e enfrentar diversos monstros. 

Percy Jackson e o Mar de Monstros

Em Mar de monstros, Percy descobre que tem um meio-irmão, que por acaso é um ciclope chamado Tyson e que alguém envenenou o Pinheiro da Thalia, enfraquecendo as fronteiras mágicas do acampamento. A única forma de salvar a árvore é usando o Velocino de Ouro, que se encontra na ilha de Polifemo, no mar de monstros, mais conhecido pelos mortais como Triângulo das Bermudas. Quem recebe a missão de encontrar o Velocino é Clarisse, uma filha de Ares e grande rival de Percy. Do mesmo jeito, Percy, Annabeth e Tyson fogem do acampamento à procura de Grover que também está na ilha de Polifemo. 

Percy Jackson e a Maldição do Titã

Neste livro, Grover está disfarçado numa escola à procura de meios-sangues e encontra dois bastante poderosos: Bianca e Nico DiAngelo. Percy, Annabeth e Thalia vão até lá buscá-los, mas uma manticora os ataca. Eles são ajudados pelas Caçadoras de Ártemis, porém Annabeth cai de um penhasco ao tentar matar a Manticore e é capturada por Luke. Ártemis é capturada logo depois. 
Uma missão é dada para resgatar Ártemis mas Percy não faz parte dela. Assim, Thalia, Bianca DiAngelo, Grover e Zoe Doce-Amarga (tenente das caçadoras) saem em busca da deusa perdida. Mas claro, Percy segue o grupo secretamente e logo se torna um quinto membro na missão. 

Percy Jackson e a Batalha do Labirinto

Percy começa o ano letivo em uma nova escola mas as coisas dão errado quando líderes de torcidas monstruosas tentam matá-lo. Percy volta para o acampamento e durante um jogo com escorpiões gigantes, ele e Annabeth descobrem uma entrada para o labirinto de Dédalo bem no meio do acampamento, o que significa que Luke e o exército de Cronos pode usá-la para atacar o acampamento. Assim, Percy, Annabeth e Grover saem numa missão pelo labirinto em busca de Dédalo, o único que pode destruir o labirinto e frustrar a invasão de Luke ao acampamento.

Percy Jackson e O último Olimpiano

No último livro da série, Cronos está livre e marchando até a cidade de Nova York, em direção ao Olimpo. Os semideuses se preparam para a batalha contra o Titã, mesmo sabendo que a chance de vencer são mínimas. Sem a ajuda dos deuses - que estão travando as suas próprias batalhas contra Tifão -, os semideuses precisam destruir o titã Cronos sozinhos. Com isso, a grande profecia é finalmente revelada e Percy descobre o seu destino. 


Lembrando que a segunda adaptação da série - Percy Jackson e o Mar de Monstros - estreia dia 16 de agosto nos cinemas brasileiros. 


Kamila Cavalcante


Decorando seu quarto

Como todos sabem, as férias chegaram e eu passo a maior parte do tempo no meu quarto. Depois de duas semanas à toa deitada na cama olhando pra mesma parede rosa, escrivaninha branca e guarda-roupa branco, meu quarto se tornou sem graça e entediante. Já mudei as coisas na escrivaninha e nas prateleiras mas continuo querendo mudar mais alguma coisa. Enfim, procurando por fotos de quartos no tumblr, we heart it e pinterest pude ver muitos exemplos de decoração simples e baratas que dão um up no nosso cantinho.

Papéis de parede, mural de fotos, frases e adesivos na parede, além de pisca-pisca são as opções mais escolhidas e mais fáceis de fazer.Separei algumas fotos para vocês se inspirarem.



Tem alguma ideia de decoração? Conte-nos nos comentários ou pelas redes sociais.

Kamila Cavalcante

Playlist da semana


Segunda semana de férias começou e é hora de se mexer. Não se dê ao luxo de se aconchegar na cama e vá fazer tudo o que você planejou o ano inteiro.Deixe a preguiça de lado e saia pra aproveitar um pouco essas férias. E não existe nada melhor pra sair da sua zona de conforto do que uma boa trilha sonora, não é? Essa playlist está um pouco diferente das que eu costumo fazer, pendendo mais pro rock do que para o folk e indie calminho de sempre.

The Cramberries - Zombie
Nirvana - Smells like teen spirit
The Runaways - Cherry bomb
Evanescence - Sweet Sacrifice
Panic! At the disco - The ballad of Mona Lisa
30 seconds to mars - Closer to the edge
Kings of leon - Sex on fire
The Pretty Reckless - Make me wanna die
Muse - Hysteria



Kamila Cavalcante

Os melhores filmes de zumbi



Sangue escorrendo. Cérebros em falta. Andar meio coxo. Olhos vazios. Pessoas correndo desesperadas. Crianças com armas. Isso são elementos básicos de filmes de zumbis. Eu como uma grande amante de ficção não posso deixar de amar filmes assim. Para aqueles que também amam esses filmes de ficção aqui vai uma lista dos melhores filmes com mortos-vivos pra mim.


1. Despertar dos mortos (Dawn of the Dead)



O filme gravado em 1978 é considerado o pioneiro dos filmes de zumbi, ganhando vários remakes ao longo dos anos. Na trama, quando o apocalipse zumbi começa, um grupo de pessoas se refugia num shopping center achando que estariam seguros ali. Entretanto, quando as provisões começam a acabar, eles acabam descobrindo que não há lugar seguro.

2. Zumbilândia (Zombieland)



O filme é uma comédia zumbi. Ele trata a tensão do apocalipse zumbi de maneira sarcástica e bastante original. A história se passa em torno de Columbus - um estudante covarde - e Tallahasse - um exterminador de zumbis determinado a comer o último Twinkie da terra -. Ao longo da trama, os dois se juntam a Wichita e Little Rock que querem chegar até um parque de diversões e juntos - e separados - eles tentam sobreviver ao apocalipse zumbi.

3. Resident Evil



Baseado numa série de jogos, Resident Evil é, geralmente, o filme de zumbi favorito de todos. Na série, as pessoas foram infectadas pelo T-vírus tornando-se zumbis. Alice, que trabalhava para a Corporação Umbrella têm que impedir que o vírus se alastre, até descobrir que foi a própria corporação que deixou o vírus escapar.

4. Meu namorado é um zumbi (Warm bodies)



É agora que os fãs de zumbi sanguinolentos dizem ''O quê? Isso não é um zumbi!'' O filme traz um universo zumbi mais... pacífico, por assim dizer. Nele, o zumbi R (Arrr) cria uma amizade com Julie depois de comer o cérebro do namorado dela e ''absorver'' as lembranças dele. Entretanto, esse súbito ''sentimento'' que ele cria acaba fazendo com que os outros zumbis também criem sentimentos, mostrando que eles ainda tem um lado humano, causando certa confusão. Por outro lado, o pai de Julie - chefe da resistência humana - não está nem aí pra isso e quer livrar o mundo dos zumbis.

5. Guerra mundial Z (World war Z)



Esta é a segunda lista que eu coloco esse filme e com motivos. Guerra Mundial Z é o meu novo filme favorito. Quando uma terrível doença se alastra pelo mundo transformando as pessoas em zumbis, o ex-investigador da ONU Guerry tem que ir até os lugares contaminados tentar descobrir uma forma de cura e assim salvar a humanidade. O filme é baseado no livro de Max Brooks e continua em cartaz nos cinemas.


Kamila Cavalcante


Imagem de abertura do post retirada do site: http://www.thewalkingdead.com.br

Escolhendo a sua profissão



Quando somos crianças as pessoas perguntam o que queremos ser quando crescer, obtendo geralmente respostas como bailarina, jogador de futebol, atriz ou astronauta fazendo com que todos riam e digam como somos fofos. Depois que crescemos as pessoas fazem essa pergunta novamente e obtêm respostas diferentes e evasivas como ''Não sei.'' ou ''Não pensei sobre isso.'' Chega um momento em que todas as responsabilidades e decisões saem dos seus pais e caem nos seus ombros. É você quem faz seu futuro, são as suas decisões e as suas consequências. Aí vem a grande dúvida... Qual profissão eu devo escolher?

Há pessoas que já nascem sabendo a sua profissão... Médico, advogado, veterinário, dentista, arquiteto e muitos outros. E há pessoas que não sabem o que querem e têm medo de fazer uma escolha errada.

Meu conselho para pessoas assim (eu sou uma delas) é focar na área de maior interesse e aptidão. Por exemplo, gosto de escrever e ler muito e não me dou bem nas áreas de exatas e biológicas... De cara já posso tirar muitos cursos e deixar muitos outros.

Uma forma que você pode usar como auxílio pra escolher são os testes vocacionais. Algumas escolas oferecem isso, mas tem muitos sites como o Mundo vestibular, o guia do estudante e o guia da carreira que oferecem esses testes de graça. Só cuidado pra não sair fazendo todos os testes que encontrar e cada um der um resultado diferente.

No final das contas, escolha uma profissão que você goste e não apenas pelo salário. Claro que no mundo extremamente capitalista e consumista que vivemos quanto você ganha importa sim, mas a sua felicidade é mais importante então saiba conciliar ambos.


Kamila Cavalcante


Papo de Pijama

Giovanna tem 17 anos e namora com João Pedro, também 17. Os dois formam um casal como qualquer outro, porém, com algumas dificuldades. A familia de João Pedro é totalmente compreensiva, e não liga muito para os relacionamentos que o garoto tem. Mas a de giovanna é totalmente contraria. -
- Estudos em primeiro lugar - é o lema da mãe de Giovanna, a qual se envolveu muito cedo com o pai da mesma. Devido a isso, os medos, Giovanna tem medo de assumir seu relacionamento para sua familia, e torna-lo mais sério, como essa o desejava. Então Giovanna foi procurar suas amigas para desabafar, e elas a aconselharam a conversar com sua mãe. Ela foi, e sua mãe não a proibiu, mas a aconselhou a namorar apenas depois de alguns anos, assim como seu pai falou. É claro que ela não deseja deixar os estudos e suas obrigações, mas ainda sente dúvidas no que pensar e em como agir sobre sua vida amorosa.

 Por isso perguntamos de algumas garotas o que elas acham de Giovanna deve fazer:



                                                Isabela Guedes, estudante, 17 anos
A Giovanna precisa mostrar para os pais dela que é capaz de manter um relacionamento sério, que tem responsabilidade pra isso. Ela não pode por as escolhas de amor na frente do futuro dela. Por que quando ela mostrar que suas escolhas não são infantis e sim maduras, os pais dela vão saber que ela está madura o suficiente para isso.


Thayse Costa, estudante, 17 anos
Ela precisa conversar com o namorado dela e chegar a um acordo com ele, ela não pode perder o foco dos estudos e eles devem saber separar a relação deles, eles poderiam se ver nos fds enquanto a semana toda ela estudava, depois ela conversava com a mãe sobre o acordo deles e pedia para o namorado dela conversar com os pais dela


Dandara Queiroz, estudante, 17 anos

Eu já passei por isso, mas a pressão não era por conta dos estudos e sim por eu ser muito nova. Minha mãe me disse a mesma coisa, mas eu continuei namorando escondida rsrs e depois de um tempo ela viu que nós ainda não havíamos nos separado, acabou deixando. isso não é um ótimo conselho, mas eu me baseei na minha história.

Como podemos ver, as opiniões são bastantes diferentes numa situação como essa da Giovanna, mas vai de caso-a-caso. Se você está numa mesma situação, o que eu poderia lhe aconselhar, é que tenha paciencia. BASTANTE!! Sei que pode demorar um pouco, mas tudo se resolve com o tempo se você fizer tudo certo. Desde cedo sempre converse com seus pais, e se não é mais tão cedo assim, comece agora. Converse, explique suas situações, ganhe confiança. Mas se isso não for o suficiente, só quem poderá responder isso para você é você mesma. Faça o que você quiser, a vida está aí para nos divertimos, somos adolescentes! Mas nunca, nunca se esqueça que sempre ganhamos de brinde as tão temidas consequencias. Se forem boas, tudo bem. Se forem ruins..vai do seu aspecto. Mas sempre lembre-se disso. A vida é sua, e o futuro é seu. Faça escolhas que VOCÊ considera certa, e que te acrescentarão algo, não que somente sugarão seu tempo.








Se você tem uma história pra contar como a da Giovanna, envie para contatowtj@gmail.com e publicaremos aqui,! 
Não se esqueça de nos seguir no Facebook, no twitter, e no Insta!
*Os personagens dessa história são totalmente fictícios*
Obrigada por chegar até o final do post, haha, até a próxima!!

Gabrielle Almeida

8 coisas pra fazer nas férias



Acordar tarde, passar a madrugada assistindo filmes e fazer tudo o que você nunca tinha tempo pra fazer. Ah, como é bom ficar de férias. Segundas parecem sábados e a vida parece mais leve. Como é bom.

Já disse no post anterior que não vou viajar, então estou cheio de tempo livre. No post de hoje darei dicas de 8 coisas pra fazer nas férias e sugestões de lugares para ir.

1. Ir ao cinema assistir Guerra Mundial Z

Todo mundo sabe que eu amo ir ao cinema. Amo muito. Sempre quero estar por dentro do que está em cartaz e assistir todos os filmes. 
Estive ansiosa pra assistir Guerra Mundial Z desde que vi o trailer. Vamos combinar: Zumbis, guerras e Brad Pitt é uma coisa ótima, né? É. O filme é muito bom e cheio de ação, suspense e zumbis. Amo filmes assim. Já assisti o filme mas quero muito assistir de novo porque é muito legal. Sugiro que façam o mesmo. 

2. Patinar no gelo

Nunca tinha patinado no gelo. No começo dá um medo de cair e molhar a bunda, mas depois é muito divertido. É uma ótima pedida pra ir com os amigos e dá ótimas gargalhadas. Acho que a única pista de patinação no gelo em Manaus - tirando a que tem no Amazonas shopping em Dezembro - é a do Amazon bowling. Meia hora patinando sai por 20 reais e uma hora por 25 reais. 

3. Ler As vantagens de ser invisível

Claro que ler um livro não poderia faltar numa lista minha, né? Acho que a maioria dos jovens de hoje já ouviu falar sobre o livro As vantagens de ser invisível. Por meio de cartas, o livro conta a história de Charlie, um adolescente que têm dificuldades para interagir na sua nova escola. O único amigo que ele tem é o seu professor de literatura que acredita que ele é um gênio, mas Charlie pensa que na verdade só passa de um louco. As coisas começam a melhorar quando ele conhece Patrick e Sam, que juntos fazem muitas loucuras. O livro é muito bom e é uma leitura bem rápida e boa pra ler nas férias. 

4. Conhecer a sua cidade

Com quase 18 anos, eu nasci e nunca saí de Manaus, mas pra falar a verdade eu não conheço nem um terço da cidade. Se você mora em Manaus, pegue um ônibus e vá andar pelo centro da cidade, deve ter coisas muito interessantes por lá. Lojinhas desconhecidas, museus como o Palacete Provincial e o Museu do Índio, bancas de sebos de livros, a feira da Eduardo Ribeiro, praças como a praça da saudade, da Matriz e o largo São Sebastião, entre muitos outros lugares interessantes. 

5. Fazer exercícios

Eu sei, férias é sinônimo de preguiça. Mas que tal deixar um pouco essa preguiça de lado, botar os tênis de corrida e sair pra caminhar? Não precisa pagar academia ou correr até desmaiar, basta chamar uma amiga e sair andando por aí. Há muitas praças, centros de convivência e calçadões pra fazer isso. É algo ótimo pra se manter no peso e não acabar as férias com 3 quilos a mais. 

6. Jogar vídeo-game

Aí você fala ''Fala sério, jogar vídeo-game?'' Sim, jogar vídeo-game! Com a tecnologia que temos hoje, jogar vídeo-game não é mais ficar sentado com os olhos fixos na frente da televisão mexendo apenas os dedos. Mova-se! Os jogos de kinect estão aí pra isso, há uma variedade de jogos que fazem você se mexer, dançar e se divertir muito. 

7. Ir ao boliche

Sair com os amigos está na lista de melhores coisas do mundo. Então chame todos pra ir ao boliche. Além de ser barato e competitivo, é muito divertido. Eu só conheço duas pistas de boliche em Manaus, a Amazon Bowling do Adrianopólis (mesmo lugar da pista de patinação) e a do Studio 5. Escolha uma e divirta-se!

8. Estudar

Essa é a hora que vocês perguntam ''O quê? Ah, não, tô de férias.'' Mas é galera, precisamos estudar mesmo estando de férias, principalmente eu que vou fazer o ENEM, PSC, SIS e o vestibular da UEA e do IFAM. Não precisa se matar de estudar, mas só pra não perder o ritmo de estudos e passar o próximo mês sofrendo para voltar ao ritmo normal. Estude um capítulo ou uma matéria por dia, resolva exercícios pendentes e leia o jornal. 


Kamila Cavalcante.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  

Oi! :)

Oi! :)
Essa história de que um blog precisa ter um assunto só e ter uma dona só é ultrapassada. O bom mesmo é se expressar, inovar, e fazer as pessoas se identificarem! Isso é o que pretendemos escrevendo este blog pra vocês. Gabrielle Almeida; 18, Ciencias Sociais. Kamila Cavalcante;18, Jornalismo. Ylla Biavatti, 18, Medicina Veterinária. Todas de Manaus - AM, postando diariamente assuntos totalmente desritmados! :)

Translate

Rádio Carapanã

Mais lidas!

Ocorreu um erro neste gadget
Desritmadas -

Vem também!

Parceiros