A geração All Star




Não existe uma pessoa nesse mundo que nunca tenha usado um all star. Com modelos pra todos os gostos, indo desde o mais simples até o mais customizado, do modelo recém saído da loja ou aquele bem surrado, os all star são os tênis mais queridos pela maioria das pessoas. 


Hoje eu estava colocando o cadarço do meu all star e fiquei me perguntando sobre a história dele, não do all star em si, porque a história dele é a minha história, mas da marca All Star Converse. Quando eu comprei o meu primeiro all star (cano longo com caveiras, tenho ele até hoje, own ) minha mãe falou que quando tinha a minha idade ela era louca por um modelo de couro que foi lançado e é engraçado pensar que alguém a muito tempo atrás (não estou falando da minha mãe) usava o mesmo que eu uso. Sei lá, é nostálgico. 

Enfim, 100 anos atrás, a ''Converse Rubber Company of Massachussets'' criou um tênis atlético com a parte de cima feita em lona, sola grossa e biqueira em borracha. A nova criação revolucionou o basquete quando Charles ''Chuck'' Taylor foi recrutado para representar e vender o modelo e passar a ''moda'' adiante para os outros jogadores de basquetes. Em 1921, a versão do tênis sofreu algumas alterações. O novo modelo foi lançado em 1923, tornando-se sucesso instantâneo, sendo o único tênis usado pelos jogadores de basquete. 



Diante do grande sucesso, em 1930 o jogador de badminton Jack Purcell deu continuidade ao trabalho de Taylor, projetando outro modelo, de grande resistência e desenho inovador para a época. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Converse modificou sua linha de produção e criou a bota ''A6 Flying'' com design básico, durabilidade e funcionalidade para atender aos pés dos soldados americanos no front.

Nos anos 50, estrelas de cinema e do rock adotaram o tênis como um item básico. Nos anos 60, Hollywood utilizava cada vezes mais os tênis no cinema, fazendo o esporte e a moda se aproximarem. Foi febre também nos anos 80 com o modelo original de couro (era o sonho de consumo da minha mãe). 

Devido a dívidas que quase a levaram a falência, em 2003 a marca foi comprada pela Nike por 305 milhões de dólares e até hoje continua sendo consumida por pessoas de todas as idades, gêneros e gostos diferentes. 


Pra finalizar o post eu quero dar uma novidade pra vocês, a equipe do WTJ está também no Twitter e no Facebook . Siga-nos para ficar sabendo das novidades e curta a nossa página. Se quiserem dar sugestão de posts, dúvidas, conselhos ou mesmo conversar conosco, é só entrar em contato pelas redes sociais e em breve teremos um e-mail especial. 

Kamila Cavalcante

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  

Oi! :)

Oi! :)
Essa história de que um blog precisa ter um assunto só e ter uma dona só é ultrapassada. O bom mesmo é se expressar, inovar, e fazer as pessoas se identificarem! Isso é o que pretendemos escrevendo este blog pra vocês. Gabrielle Almeida; 18, Ciencias Sociais. Kamila Cavalcante;18, Jornalismo. Ylla Biavatti, 18, Medicina Veterinária. Todas de Manaus - AM, postando diariamente assuntos totalmente desritmados! :)

Translate

Rádio Carapanã

Mais lidas!

Ocorreu um erro neste gadget
Desritmadas -

Vem também!

Parceiros